sexta-feira, 24 de abril de 2009

A Nacionalidade de Jesus

A) Três provas de que Jesus era judeu:
1 - Assumiu os negócios do pai;
2 - Viveu em casa até os 33 anos;
3 - Tinha certeza de que a mãe era virgem,
e a mãe tinha certeza de que ele era Deus.

B) Três provas de que Jesus era irlandês:
1 - Nunca foi casado;
2 - Nunca teve emprego fixo;
3 - O último pedido dele foi uma bebida.

C) Três provas de que Jesus era italiano:
1 - Falava com as mãos;
2 - Bebia vinho a todas as refeições;
3 - A mulher mais importante da sua vida era a Mamma.

D) Três provas de que Jesus era californiano:
1 - Nunca cortou o cabelo (hippie)
2 - Andava descalço (hippie)
3 - Inventou uma nova religião (hippie)

E) Três provas de que Jesus era francês:
1 - Nunca trocava de roupa;
2 - Não lavava os pés;
3 - Não falava inglês.

F) Três provas de que Jesus era português:
1 - Nunca tinha dinheiro;
2 - Passava a vida a fazer milagres;
3 - Lixou-se por causa do Governo.

Não foi possível chegar a um consenso sobre
a nacionalidade de Jesus.
Quanto a Judas, todos dizem que era...Espanhol
.

Enviado por Olhar do Planalto

12 comentários:

  1. Moira de Trabalho24 de abril de 2009 07:21

    Ei!!
    Não vale, Olhar do Plananlto!
    Quando fui à tua gaveta não estava lá este...

    ResponderExcluir
  2. Gostei e fiquei acreditando que Jesus tinha sangue português mas apesar disso, não faz o "milagre" de nos livrar de tantos pinóquios que nos governam.

    ResponderExcluir
  3. :-D :-D :-D

    OdP, Salut y força al canut!



    Contribuiçãozinha:

    Jesus - The Real Story (Son of God)

    Jesus has been the source of faith to billions, the cause of a thousand wars, and the subject of countless works of art and music. But who was he � a rebel, a prophet or something much more? Join experts as they reconstruct the life of Jesus using archaeology, history and science. Through re-enactments set in Israel/Palestine and computer generated backgrounds, relive the main events of his life and death. For the first time, experts strip away the layers of history that cover almost every biblical site � revealing the Jerusalem, Bethlehem and Nazareth that Jesus himself would have known.

    1 The Early Years
    Explore the strange fables that surround the birth of Jesus � and learn how science and archaeology are showing that there may be more credence to the Christmas stories than many think. The Star of Bethlehem, for example, may have existed as an astrological event rather an astronomical one. Follow the childhood and early adult years of Jesus, using a first century living museum newly opened in Nazareth. Join young Jesus on his first trip to Jerusalem, where the fantastic temples are recreated with computer graphics, and witness a re-enactment of his baptism.

    2 The Mission
    Learn how Jesus carried out his ministry as a healer and exorcist, and discover how his taste for parties with undesirable guests was perceived as an attack on religious authorities. Visit the house of Peter and the fishing villages where Jesus began his mission. Follow him to Jerusalem as he rides in to the city on a donkey and see how dangerous it was for him during the Passover Festival.

    3 The Last Days
    Relive the last days of Jesus' life: the Last Supper and the Mount of Olives, where he prayed and sweat blood. See a reenactment of the trial that condemned him for blasphemy. Join experts who examine the mechanics of the crucifixion � was Jesus nailed through the hands or the wrists, and what was the true cause of death? Explore what may have accounted for his resurrection and learn the latest theories about what he may have looked like.

    Film made in 2001 - BBC Manchester/Discovery Channel Co-Production
    Depending on the region, it was shown under different titles

    ResponderExcluir
  4. Olhar do Planalto24 de abril de 2009 08:12

    Moira, Moira...
    Estava na das meias...

    ou então mandaram-me agora mesmo, já não me lembro bem...

    ResponderExcluir
  5. Quanta ignorancia...Deus é Brasileiro !!!

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Como vai?
    Encontrei seu blog procurando informações sobre a ópera Carmen de Bizet e não consegui parar de ler.
    Parabéns pela inteligência e bom humor!
    Abrs.

    ResponderExcluir
  7. Moira e
    Olhar do Planalto...
    Então, agora andam os dois a "espiolhar" as gavetas um do outro???!!!
    Do Planalto, tudo era de esperar; agora da Moira...

    ResponderExcluir
  8. Olhar do Planalto25 de abril de 2009 06:20

    É o que dá estar fora muito tempo...

    Quem tem razão é a MTH!!!

    Já voltou o disparate...

    ResponderExcluir
  9. Mesmo assim... antes judeu do k "primo" de josé sócrates...

    ResponderExcluir
  10. Anónimo Cobardola25 de abril de 2009 16:39

    Esta coisa dos "K's" é que eu não entendo...
    Ainda se fosse "q"...
    Agora, "K" que nem sequer existe no nosso alfabeto!
    Desculpe, Anónimo, mas aqui a malta é muito conservadora e ainda escreve à "Estado Novo", apesar do 25.
    Agora, com tradução simultânea: Dexkulp anónimo mx aki o ppl é bué kota. Eh fixe, oje é feriado!

    ResponderExcluir
  11. @Anónimo Cobardola

    roflmao :-)

    (para"turistas": rolling on the floor and laughing my ass off, ou algo que o valha...)

    ResponderExcluir
  12. Se cristo existiu, o que tenho grandes dúvidas, devia ser um agente da CIA para implantar o ódio religiioso entre os povos, que tantas mortes viria a provocar

    ResponderExcluir