quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Popeye em domínio público na Europa

A partir de 1 de Janeiro
31.12.2008 - PÚBLICO
"O velho marinheiro do cachimbo que apita como a sirene de um navio e é fanático por espinafres vai cair no domínio público a 1 de Janeiro, porque passam 70 anos sobre a morte de Elzie Segar, que inventou Popeye, a sua namorada Olívia Palito e o seu inimigo Bluto.
Na União Europeia usar a imagem do Popeye em T-shirts, canecas, bonecos, jogos de computador, seja o que for, vai passar a ser possível sem pagar direitos de autor.
Nos Estados Unidos, no entanto, o copyright do marinheiro que se tornou um herói popular nos tempos da Depressão (apareceu pela primeira vez em 1929, numa tira de banda desenhada chamada Thimble Theatre) continua protegido, até 2024, pois a legislação norte-americana protege os detentores dos direitos de exploração durante 95 anos.
O proprietário do copyright nos EUA é a King Features, uma empresa do grupo Hearst.
Mas por causa dessa diferença entre as legislações dos dois lados do Atlântico, não é claro que a utilização da imagem do marinheiro que chegou a ser mais popular que o rato Mickey possa mesmo ser liberalizada na Europa, e se qualquer um pode usar a sua imagem: por exemplo, usar a imagem do marinheiro numa embalagem de espinafres congelados.
Segundo o jornal britânico Times, a questão será alvo de disputa em tribunal. "Os desenhos de Segar já não estão protegidos, portanto podem ser usados.
Mas se tentar vender um boneco do Popeye ou uma lata de espinafres com a cara dele, pode estar a infringir os direitos da marca registada", que pertencem à King Features, disse ao Times um especialista em propriedade intelectual.
E os direitos do Popeye rendem ainda 2200 milhões de dólares anuais.
Seja como for, o que acontecer com o Popeye será seguido com muito interesse na Disney, por exemplo, que conseguiu uma extensão do copyright dos primeiros filmes do Mickey até 2023."
Os agradecimentos do"Galo" ao PÙBLICO

Zangaram-se os Compadres...

O Presidente zangou-se com o Primeiro Ministro.
Deu-lhe um puxão de orelhas em frente a todo o País.
Disse-lhe que Pastéis de Belém, nunca mais...
Que se quisesse docinhos, fosse comer Queijadas da Vila
para os Açores.
Onde estão os amiguinhos dele.
Que o nosso Primeiro era desleal, partidário
e mariquinhas pé de salsa
( esta última parte, não tenho a certeza se ele disse).
Que este ano não lhe ia enviar Cartão de Boas Festas.
Que nunca mais contasse com ele
para lhe ensinar a Tabuada...
Nem corrigir os trabalhos de Matemática.

O Primeiro Ministro, mimado como é
não gostou nada da reprimenda.
Foi-se ao embrulho que tinha preparado
com muitas estrelinhas e um grande laçarote.
Desfez o papel em mil pedaços.
Rasgou o cartão que dizia"Do Zé para o Anib".
E pensou para com os seus botões:
"Quem fica a perder és tu, que já não levas o Magalhães!".

Publicidade Agressiva


Meninas, animem-se...

Pois é, estimadas amigas do "Galo", não são só vocês que quando se levantam e vão trabalhar, ou levar os miúdos à escola, ou às compras ao supermercado, têm aquele ar horrível, que as impede de olhar o espelho ou de passar em frente a uma porta de vidro...
Olheiras, manchas de pele, cabelo desarranjado, olhos inchados e similares, também fazem parte do dia-a-dia das superestrelas de Hollywood e arredores.
Aqui ficam, algumas das mulheres consideradas as mais bonitas do planeta.
Grande parte da sua beleza deve-se, afinal, a muito blush, rímel, pestanas postiças, lentes de contacto, eyeliner, rouge, batons e, não esquecer, muito photoshop.
As Mulheres verdadeiramente belas deste Mundo são vocês, que trabalham, lutam, correm, amam, riem, choram, desejam, sonham...sem personal trainers, massagistas, cabeleireiros, manicuras ou bodyguards, sempre à vossa volta.
...Tenho dito!



















































terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Pulp Fiction

Quando fui confirmar a data do lançamento de Pulp Fiction custou-me a acreditar que já se tivessem passado 14 anos, tal é a frescura, modernidade e capacidade de nos seduzir que este Filme mantem, ainda hoje em dia.


Realizada por Quentin Tarantino, esta película
foi cortada em três partes que depois foram montadas por uma ordem não cronológica, o que provoca grande confusão no espírito de muitos espectadores.

O tom provocatório e propositadamente brega de toda a história cria momentos hilariantes de um humor negro que, como é lógico, muitos não apreciarão, mas que o talento de Tarantino e a sua profunda cultura Pop ( Pulp Fiction é o nome porque são conhecidos os livros de bolso e comics que relatam histórias policiais da série B e crimes hediondos) transformaram em grandes cenas cinematográficas.























Na primeira parte do Filme
Vincent Vega ( John Travolta)
e Jules Winnfield (Samuel L. Jakson)
são dois mafiosos de segunda linha
que tentam fazer uma cobrança.


Noutra fatia Vincent
leva a mulher do seu chefe, Mia Wallace
( Uma Thurman) a dançar
naquele que é um dos momentos altos
de toda a história
-A dança de Mia com Vincent em que um magnífico John Travolta
( foi aliás com este filme que ele
voltou à luz da ribalta)
gordo e desajeitado,
faz uma perfeita caricatura
de si próprio
e dos tempos
do Grease e do Saturday Night Fever.

John Travolta é aliás o herói de dois terços do Filme, cabendo a Bruce Willis, no papel do pugilista Butch Coolidge, encabeçar o terço final.
Como curiosidade, nesta última parte a namorada de Bruce é a nossa Maria de Medeiros,
que faz de Fabienne.





Pulp Fiction ganhou o Óscar de
Melhor Argumento Original,
John Travolta
foi nomeado para Melhor Actor,
Uma Thurma para
Melhor Actriz Secundária
Samuel L. Jackson para
Melhor Actor Secundário, para além de Melhor Realizador, Melhor Montagem e Melhor Filme.
O Filme ganharia, ainda, a Palma de Ouro do Festival de Cannes, o Globo de Ouro,
o MTV Awards, entre imensos
outros prémios europeus e americanos.

video

...Mais Votos para 2009

Muito Trabalho com Festa à mistura, Compras seguidas de Descanso, Afectos condimentados com Solidariedade, Atrevimento com Risos e Gritos, Experiências Culinárias, e outras, sempre com Espanto perante a Vida...









































Enviado por Mª João Santos

Publicado em El Jueves
Enviado por Mª João Santos

Amadeo de Souza-Cardoso, um Génio português

Para mim, um dos poucos Imortais da Pintura portuguesa,
Amadeo de Souza-Cardoso nasceu em Manhufe, Amarante,
no seio de uma família rica que
tentou fazê-lo seguir a carreira de advogado.
Após muito pouco tempo a estudar Direito na Universidade de Coimbra, Souza-Cardoso mudaria para o curso de Arquitectura na Escola de Belas Artes de Lisboa, e, logo depois, insatisfeito com o tipo de ensino, partiria para Paris, onde se instalou em Montparnasse, prosseguindo os seus estudos.






Avesso a rótulos, Souza-Cardoso foi um dos precursores da Arte Moderna tendo abordado o Impressionismo, o Expressionismo, o Cubismo e o Futurismo, e recebido influências de Modigliani, Brancusi, Juan Gris e Delaunay.












Após diversas exposições
em Paris, Bruxelas
e nos Estados Unidos,
voltou a Portugal.
As suas duas mostras
em Lisboa e Porto,
consideradas muito ousadas
para a época
causaram, em simultâneo,
novidade e escandalo.

Viria a morrer em Espinho, com apenas 31 anos de idade, vítima da pneumónica.
Em 1925, foi realizada em Paris uma Exposição Retrospectiva da sua Obra, com cerca de 150 trabalhos, muito bem aceite pelo público e pela crítica.
Os seus quadros continuam, ainda hoje, a transmitir uma Modernidade que tornam Amadeu de Souza-Cardoso um nome ímpar da nossa Pintura.

Os Votos do "Galo"...

...Que em 2009 realizem todos os vossos Sonhos!!!

Excesso de Lotação

Cinco indivíduos portugueses entram
pela fronteira angolana num carro novo.
Chegados à alfândega, depararam com um "cinzentinho"
(polícia sanguessuga fronteiriço angolano).
O fiscal dá uma volta em redor do carro e diz aos viajantes:
- Vocês não pode passarrr.
- Mas porquê?! - perguntou um dos Tugas.
- É porque vocês são cinco num Audi A4.
- E daí?! - questionou o viajante
- Num Audi A4 só pode ter quatro passageiros.
- Isso não tem nada a ver! Quatro é o tipo do carro,
mas se o senhor olhar os documentos
vai ver que é um carro de cinco lugares.
- Isso não me interrressa - disse o "cinzentinho"
- O meu chefe diz que num Audi A4
só pode ter quatro passageiros.
- Mas isso é um absurdo! - indignou-se o Tuga
- Vá chamar o seu chefe, eu quero falar com ele.
- Agora não é possível, pá! Ele está muito ocupado...
- Ocupado com o quê?!
- Com os dois viajantes do Fiat Uno...pá!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Cor é Vida...

Tecidos de Nova Deli, cabelos postiços de Cabo Verde,
sapatilhas de Cantão, clips londrinos,
um graffitti das Ramblas, abanicos sevilhanos,
fruta de um mercado alentejano, especiarias do Dubai,
acessórios de Bucareste, lenços das Filipinas
e uma cortina decorativa de Hong Kong, fazem parte
de uma colecção de fotografias
que fui fazendo ao passar do tempo
e conforme o local onde me encontrava.
O único ponto comum destas, para além do fotógrafo,
é a exuberância de cor e, em muitas delas,
a repetição de elementos.
Aqui ficam para a vossa apreciação...