quarta-feira, 29 de abril de 2009

Rotina mecânica

Estavam os dois sentados, lado a lado.
De olhos fixos no écran, sem se tocarem.
Foi então que ela começou:
-Sim querido, sim querido…
Ele reagiu, de imediato:
- Meu amor, minha vida, deixa-me…
Sem o olhar, ela acedeu.
-Depressa, depressa, vá…
Ele continuava fixo nas imagens.
-Põe-te assim, não assim…
-Mais para cima, mais para baixo…
O ritmo, fazia-os falar de forma atropelada.
-Hum, ham, sim, sim, agooora…
-Uau, yeah, yeah…
Como tinham começado, acabaram.
Repentinamente.

Depois despediram-se da equipe técnica
e foram, cada um, para sua casa.
Mais um filme erótico, dobrado.
Que seca…

3 comentários:

  1. Muito, mas muito bom. E surpreendente, e eu gosto de ser surpreendida.

    ResponderExcluir
  2. Moira de Trabalho29 de abril de 2009 06:15

    Oh sim, sim...
    Não pares agora!
    ...ouviste?
    NÃO PARES AGORA!!
    ...
    E não é que parou mesmo?!

    ResponderExcluir
  3. Que seca, realmente.
    Antes um "legítimo" e completamente pervertido "hard-core"... :-P

    ResponderExcluir