quarta-feira, 1 de abril de 2009

O Fellini da Fotografia

David LaChappelle, que nasceu no Connecticut, em 1969, é considerado o Fellini dos fotógrafos por causa das suas imagens inesperadas, barrocas, iconoclastas, coloridas, irreverentes e carregadas de sensualidade.
Estudou Belas Artes na North Carolina School of the Arts e, mais tarde, em Nova Iorque simultaneamente na Arts Student League e na School of Visual Arts.
Já na Big Apple, LaChapelle conseguiu o seu primeiro trabalho profissional ao serviço da revista Interview, pela mão de Andy Warhol.
A rápida ascensão ao estrelato deveu-se ao insólito das imagens que cria, testemunhos de um mundo surreal, através de fotos ultra saturadas que misturam o glamour com uma fantasia sem limites, misto de beleza e bizarria.






Capa de todas as principais publicações de moda e não só, como a Italian Vogue, Vanity Fair, Rolling Stone, i-D, Vibe, Interview e The Face, presente na publicidade, com L’Oreal, Iceberg, MTV, Ecko, Diesel Jeans, Sirius, Ford, Sky Vodka, etc. , LaChapelle concebeu, além dos habituais retratos, capas para os albúns de Macy Gray, Moby, No Doubt, Whitney Houston, Mariah Carey, Lil’ Kim, Elton John e Madonna














De entre as personalidades retratadas por LaChapelle, destacam-se Madonna, Eminem, Lance Armstrong, Pamela Anderson, Uma Thurman, Elizabeth Taylor, David Beckham, Paris Hilton, Leonardo DiCaprio, Hillary Clinton, Muhammad Ali, Britney Spears, Rihanna e o próprio Andrew Warhol.
























A temática de LaChapelle, além de única, é de tal forma peculiar que é facil reconhecer o seu trabalho em qualquer parte, sendo o absurdo e o exagero de cores, formas, pessoas e situações constante num mundo estático onde tudo, até ao mais ínfimo pormenor, é estudado, originando belas imagens carregadas de humor, ironia e surrealismo.
A cor é talvez o elemento mais essencial e mais marcante da fotografia de David LaChapelle, pois através de uma série de artifícios, o fotógrafo transmite às suas imagens um colorido e uma luz inexistentes no mundo real.






















Aqui os deixamos
com algumas
dessas fotografias
e a informação
para quem quiser ver
uma retrospectiva
do artista,
que David Lachapelle
está a exibir mais de 200
dos seus trabalhos
no La Monnaie de Paris,
11, Quai de Conti
...Bóra no ir ?!?



5 comentários:

  1. Já conhecia algumas imagens de revistas e publicidade mas não as ligava ao autor que é apenas genial, e a Pamela também não está nada mal...mas isso já todos nós sabiamos.

    ResponderExcluir
  2. A cultura pop no seu melhor.
    E o Galo tem pinta de crítico!

    ResponderExcluir
  3. Tenho um livro da Taschen acerca do LaChapelle que, pode ser exagerado e sensacionalista, mas é um fotógrafo extraordinário.

    ResponderExcluir
  4. sempre achei engraçado o LaChappelle, mais alguns fotógrafos talvez menos "mediáticos" que também valem a pena:





    Annie Leibovitz
    http://en.wikipedia.org/wiki/Annie_Leibovitz

    Jorge Molder
    http://www.jorgemolder.com/gallery/projects_gallery.php


    Luis Pavão
    http://www.lupa.com.pt/site/index2.php


    Gérard Castello-Lopes

    http://viadupla.weblog.com.pt/arquivo/077868.html

    ResponderExcluir
  5. Margarida Ferreira dos Santos1 de abril de 2009 20:04

    Excessivo e talvez por isso mesmo tão genial!

    ResponderExcluir