quinta-feira, 7 de maio de 2009

Let's talk about this

Quando, há pouco mais de seis meses, comecei com este blog, não conhecia nada do mundo da blogsfera ( um universo em que, a cada dia, são criados novos 120 000 blogs, não, não é engano, 120 000), para além das visitas esporádicas que fazia a meia dúzia de blogs de referência.
Portanto, desde a escolha do nome à paginação, da selecção dos tópicos, procura de fotos e redacção dos textos, tudo foi feito por mim, e perdoem-me esta aparente busca de protagonismo, de uma forma empírica, intuitíva e, em muitos casos, certamente errada.
As coisas foram evoluíndo, os visitantes foram aumentando, as colaborações começaram a aparecer e a mim, que gosto de tentar fazer as coisas em que meto da melhor forma possível, surgiu-me um desafio - aprender mais sobre blogs, como comunicar de uma forma mais eficaz, correcta e, porque não dizê-lo, profissional.
À medida que as minhas leituras e descobertas sobre este assunto se vão aprofundando, verifico que muitas das "técnicas" usadas não serão as mais convenientes ou, pelo menos, as habitualmente praticadas.
Para tornar o "Galo" mais apetecível, mais lido e mais útil, signifique isso o que quer que seja, é preciso fazer algumas mudanças.
É para a planificação e implementação desses upgrades que vou precisar da vossa ajuda, e pedir-lhes que percam cinco minutos do vosso tempo a responder às perguntas, que passo a desenvolver.

1 -Número de Posts diários: Na generalidade, acerca deste tema, li que posts em excesso, afastam os leitores, principalmente os não diários.
Para além disso, a mudança de um post , mesmo interessante, para a parte de baixo do ecrán, e sua substituição por outros mais actuais, interrompe os comentários e contra comentários que, de outra forma, poderiam continuar por mais algum tempo.
Qual o número de posts que vos parece interessante? O actual? Mais ? Menos? Quantos?
2 -Variedade e qualidade dos posts: Neste momento aproveito muito do material que, amavelmente, os leitores me enviam. Isso engloba anedotas, vídeos divertidos, cartoons e muito outras peças que, mais cedo ou mais tarde, acabaria por chegar aos nossos mails.
Esse tipo de material, tem interesse colocar no blog? Como até aqui? Mais seleccionado? Eliminar, por completo?
3 -Tamanho dos posts : Segundo as regras, mas as regras nem sempre são para se cumprir, o "Galo"publica muitas vezes posts demasiado grandes. A sugestão seria dividir um tema em vários posts mais pequenos e publicá-los durante uma semana, de modo a tornar cada uma dessas partes mais leve e de fácil leitura.
Por exemplo, um post acerca dos Beatles poderia ser dividido em Primeiros Tempos, O Auge, A Desagregação, As carreiras Individuais.
Um pouco como fizemos com os Primos do Galo, embora aí seja mais uma série.
O tamanho actual dos posts não vos desagrada? Deveriam ser mais pequenos?Maiores?
4 - Ligação entre posts: Posts relacionados deverão ter um link no final. Ou seja se num post se fala da Pop Art tem toda a lógica que no final haja uma ligação directa para os posts já colocados acerca de Andy Warhol ou de Roy Lichtenstein. Não sei resolver este assunto a nível técnico, mas hei-de descobrir como se faz. Acham boa ideia?
5 - Misturas temáticas: A ideia deste blog sempre foi conseguir uma manta de retalhos de Cultura POP, e não só. Por isso temos Ópera e Culinária, Leitura e Cartoon, Contos e Fotografia, Pintura e Viagens, etc, etc... essa mistura é uma razão de agrado e de ecletismo ou torna o blog demasiado abrangente e superficial? Seria melhor ter menos temas e trabalhados com mais profundidade? Gostam do actual mosaico ou acham que alguns tags não fazem sentido? E, nesse caso, quais?
O post já vai longo e, mais uma vez contrariando as regras deste mundo dos blogs.
Gostaria que pensassem um pouco sobre o assunto e respondessem a cada uma das cinco perguntas.
Das vossas críticas e sugestões poderá surgir um "Galo" com a crista ainda mais vermelha, as penas muito mais coloridas e um cantar certamente mais forte, que se possa ouvir mais longe.
Cócórócócó....

11 comentários:

  1. Boa Galo ! Segue telegrama!
    1.Nº de posts...reduzir
    2.Colaboração...fundamental
    3.Tamanho....reduzir
    4.Ligação...talvez
    5.Mosaico...bom

    ResponderExcluir
  2. Moira de Trabalho7 de maio de 2009 06:02

    Galo,
    Temo que o meu comentário também vá ser longo...

    Por ordem:
    1. O número de posts diários parece-me excelente - os suficientes para conseguirmos ler todos e comentar os que nos dizem mais; menos que isto é parco; mais que isto, seria hercúleo. Além disso, como divide a sua publicação em duas, por vezes três edições ao longo do dia, isso cria dinamismo.
    Quanto aos posts mais interessantes ficarem lá mais abaixo, já se percebeu que todos revemos os posts, mesmo em dias posteriores. Isso vê-se pelos comentários sempre em crescendo ao longo de 2 ou 3 dias.

    2. Alguns posts chegam-nos por e-mail, é certo. Mas acho que os mais apropriados (pela pertinência, oportunidade, piada, seja o que for) devem também ser postados pelo Galo. Está muito bem como está.

    3. O tamanho dos post tem sido o ideal. Nenhum de nós tem alergia à leitura, penso. Além disso, quando são longos, o JV tem tido sempre o cuidade de intervalar com imagens o que sempre ajuda a hierarquizar ideias. Uma vez mais - muito bom como está.

    4. Preciosismo técnico. Se o Galo fizer referência no texto que já houve qq coisa postada acerca do mesmo assunto, facilmente poderemos pesquisar no rectangulo em branco lá em cima.

    5. Todas as etiquetas têm sido abordadas; umas mais, outras menos. Mas acho que a variedade e diversidade são a tónica do blogue e o motivo do seu encanto; caso contrário, seria monótono ou pior, fundamentalista.

    Em suma:
    eu divirto-me, aprendo, conheço outros pensares, mostro-me neste blogue. Daquilo que conheço de outros blogues, este NÃO TEM NADA A VER! Os assunto são sérios mas abordados de forma leve - i.e., sem dramatismos; o grafismo é excelente e cativa (o fundo preto é ideal para não cansar os olhos - como o meu AutoCad eh, eh).

    Por fim, acho que o público do Galo é especial, mesmo. É educado, culto, heterogéneo q.b., gosta do confronto sem baixaria e respeita-se.
    Não sei se interessa divulgar à exaustão o Galo, sinceramente. Comentadores em grande número podem fazer desaparecer o espírito de quase família que aqui se vive - mesmo com as picardias típicas e que nos mantêm atentos.
    E depois começam a escrever com KKKK! Grrrr!

    Nós não nos conhecemos, é certo. E daí o anonimato ser essencial. Mas se houver uma "enchente" de comentadores, do anonimato passaremos à multidão e essa é o 1º passo para a anarquia!

    Obrigada pela oportunidade de comentar.
    Parabéns. Muitos! Muitos!

    ResponderExcluir
  3. Não tenho nada a acrescentar, a não ser "whatever makes you happy... " :-)

    ResponderExcluir
  4. O número de posts nem sempre é igual e penso que deverá continuar assim, se num dia só houver duas coisas interessantes para põr ficam dois , se no dia seguinte houver dez pode colocar essas dez;acho que se deve preocupar mais com a qualidade do que com a quantidade e eliminar muito do "lixo" que por vezes polui o local como certas anedotas machistas ou racistas, certos vídeos;em relação aos três pontos finais, nada tenho contra o tamanho dos artigos que, por vezes, têm mesmo que ser maiores, embora possam ser divididos como vai acontecer com os da gripe, a ligação remissiva seria uma mais valia para os novos seguidores ou para os mais distraídos e, por fim, a mistura, com algumas poucas aparadelas está perfeita.Mas se tudo isto melhorar só teremos todos a ganhar, mas por favor, sem concessões á popularidade.

    ResponderExcluir
  5. Olhar do Planalto7 de maio de 2009 08:14

    Cheguei tarde...

    Já disseram tudo o que eu tinha pensado!

    Apenas acho que a divulgação do "Galo" é uma mais valia.
    Quem passa e não gosta, não fica...
    Quem ficar é porque gosta e pode trazer olhares novos (ou velhos...) e aprender/ensinar/divertir(-se)/polemizar, dar um pouco de ginástica aos neurónios...

    ResponderExcluir
  6. Começando pelo geral... Não deve ser essa a preocupação central, mas ser lido por mais pessoas deve ser um objectivo do Galo. Não é por isso que fazemos blogues? Para partilharmos ideias com outras pessoas, conhecidas e anónimas? E não devemos recear o desaparecimento da família/capoeira ou o cacarejar com KKKK (que detesto, também) porque o conteúdo dos posts fará naturalmente a selecção dos que vão permanecendo.

    Penso que cada um de nós que por aqui passa vai divulgando o Galo ao amigo, ao amigo do amigo, ao amigo do amigo do amigo... Naturalmente.

    Por isso, concordo com upgrades que melhorem o Galo, levando-o a outras paragens mas, acima de tudo, que nos faça a nós comentar e aprender mais ainda.

    E no particular...

    1- Eu, que frequento a blogsfera quase diariamente e ao minuto, tenho dificuldade em acompanhar todas as publicações. Às vezes, leio na diagonal, porque não tenho tempo para mais. Acredito que leitores não diários desmotivem, mas penso que dificilmente se evita isto. Reduzir o número de posts aumenta o número de comentários e leitores? É experimentar! Eu utilizo o subscribe by email para seguir os comentários que me interessam.

    2- Uma das coisas que me faz ficar nesta capoeira é a diversidade dos temas dos posts. Acho que se deve manter. Cada um de nós depois comenta aquilo que lhe diz mais. É verdade que alguns são machistas e racistas, mas isso também tem servido para discutirmos o assunto. E considero que são colocados como forma de provocar debate. Aqueles que me interessam menos são os vídeos. Raramente os vejo, tenha ou não tenha tempo, mas porque nunca fui muito "visual". Cada um é como cada qual, e apesar do que escrevo, devem manter-se.

    3- Aqui acho que cada caso é um caso e não devemos impôr limites à priori.

    4- Ora aqui está uma questão difícil de resolver. A utilização de marcadores com eficácia não é fácil, eu que o diga!, mas acho-os muito bem organizados neste blogue. Já me tem acontecido ir procurar posts antigos a partir dos tags. E resulta! A caixinha ali em cima, que aprendi a sua existência aqui no Galo, também ajuda. Colocar links sempre que se justifica é uma opção. Mas nunca será solução. Nem sei se tem de haver alguma.

    5- E ou eu não estou a perceber este ponto ou já lhe respondi nos outros...

    Acima de tudo acho que cada um de nós faz a SUA utilização do Galo e isso só é possivel pela qualidade e pela diversidade dos posts diários. Arreigou-se um hábito! O resto cada um de nós vai gerindo em função da sua disponibilidade pessoal, profissional, virtual!

    Espero ter contribuído. Arza!! Olé!!!

    ResponderExcluir
  7. Poucas mudanças, porque assim está muito bem. Para além das naturais e, só hoje, já passei por duas anunciadas para amanhã.
    A maior notoriedade e maior número de visitantes só vem com o tempo.

    ResponderExcluir
  8. "O Galo de Barcelos ao poder, cultura pop e não só nas sua mais variadas opções, tendências e estilos". Foi esta "assinatura" que me trouxe aqui e que me faz continuar. E acho que nela estão todas as respostas.
    E não sou obrigada a ler todos os posts, acho que cada um faz a sua selecção. No entanto gosto de mudanças, sobretudo se forem para melhorar. Não me incomoda que a "família" cresça, agrada-me a ideia dos links e dispenso o anedotário, mas só porque, geralmente, a maioria já me chegou via mail.

    ResponderExcluir
  9. Margarida Ferreira dos Santos7 de maio de 2009 19:35

    Muito do que penso já está dito, mas aqui vai o meu contributo.
    A preocupação do Galo em introduzir mudanças e fazer up grades é em si uma garantia de qualidade de que todos iremos fruir!
    Chegar mais longe, ser lido e comentado por mais gente, parece-me interessante e também importante para que a capoeira nunca "esmoreça".
    Quanto às perguntas:
    1- O nº de posts/dia vai variando e julgo que é bom que assim seja. Não sei se existem regras para esta questão, mas parece-me qb.
    2- Talvez uma maior selecção dado que a maior parte também chega por e-mail.
    3- Não me desagrada nem desmotiva o tamanho dos posts,mesmo que mais longos. Temas haverá que poderão ser tratados de forma repartida, mas outros, ou é por inteiro ou então perdem interesse.
    4- Boa ideia!
    5- A manta de retalhos tem sido conseguida e por isso se deve manter o actual mosaico privilegiando a diversidade de temas. Há tags que têm desaparecido e tags novos. Manter esta dinâmica parece-me fundamental.

    ResponderExcluir
  10. De uma maneira geral, só visito este Galo à noite, às vezes bastante tarde e, no caso concreto desta questão, que tão aberta e generosamente nos foi colocada, também muito do que penso já está expresso nos muitos comentários anteriores ao meu.

    Como primeiro sentimento - para mim, neste caso, vale mais o "à flor da pele" - penso que o Galo está muito bem assim, já pôs muitos ovos, já chocou muitos pintos, de múltiplas côres, que cresceram e se fizeram galos e galinhas, em co-habitação com muitas outras espécies de animais que deram lugar a esta quinta, de culturas e produtos tão diversos.

    A intuição do Galo-Mestre tem funcionado, tem tido a sua merecidíssima quota parte de prazer na criação deste blogue e todos nós, com uma participação mais ou menos alargada, temos usufruído desse sentimento, retirando daí o mesmo prazer, e devolvendo-lho em forma de comentários - se assim não fosse, nenhum de nós estaria aqui...

    E para quê ou, sobretudo, para quem, um blogue "mais profissional"?
    Aqui, aprendemos todos alguma coisa mas, acima de tudo, o que pretendemos é a diversão, a distracção e a partilha.

    O Galo cresceu e encheu-se de plumagens de imenso colorido, e esse crescimento materializou-se em número e tamanho de posts, diversidade de asuntos, de imagens, de vídeos.

    Mas, porque muito já está escrito, deixarei a generalidade e passo, rápido e breve, à especialidade:
    1- Número suficiente e...necessário.
    2- Pessoalmente, gosto de vídeos, anedotas e cartoons; se receber depois, mando fora; o contrário... nunca me aconteceu.
    3- Um tema completado no mesmo post. A subdivisão "corta", como no teatro e no cinema.
    4- Ligação entre posts desejável, se não fôr demasiado trabalhosa para o Galo. Há sempre a possibilidade de pesquisar da outra forma.
    5- Mosaico excelente, como está. É abrangente, e superficial em dose certa. E plasticamente muito bonito, com muita COR.

    Este GALO já tem a crista muito COLORIDA!

    ResponderExcluir
  11. Como está, está perfeito, com as imperfeições que lhe dão sabor.

    ResponderExcluir