domingo, 3 de maio de 2009

Seja Diferente

Cultive a Diferença.
Não tenha um comportamento cinzento, igual a todos os demais.
Arrisque-se a pensar contra as correntes dominantes.
A ter gostos, ideias, práticas, que não sejam as oficiais.
Siga a sua vontade, mesmo que vá contra a Moral vigente,
contra os bons costumes.
Obedeça aos seu desejos,
sem se preocupar com a opinião dos Outros.
Só tem uma Vida para viver.
Viva-a da maneira que quiser...e puder.









A sua Vida tem que ter a sua Assinatura.
Não, a de todas as pessoas que estão à sua volta...

7 comentários:

  1. A conclusão é muito interessante e sobretudo aliciante.
    Penso que hoje serão muito poucos os que não terão a sua própria Assinatura e os comentários que pipocam entre nós, bem o comprovam !

    ResponderExcluir
  2. "Vocês riem de mim por eu ser diferente, e eu rio de vocês por serem todos iguais."Bob Marley

    ResponderExcluir
  3. Uns dias sem visitar o sítio do Galo e deparo-me logo com este desafio à individualidade!
    Tema controverso, mas de vivência colectiva possível, e de que este galinácio é um excelente exemplo...
    De qualquer forma, o reconhecimento da minha Assinatura e a validação da Assinatura dos Outros.

    ResponderExcluir
  4. Cº.,um destes dias tens que começar a falar português... :-P

    ResponderExcluir
  5. Entre o desejo de ser e o receio de parecer o tormento da hora cindida

    Na desordem do sangue a aventura de sermos nós restitui-nos ao ser que fazemos de conta que somos."Mia Couto".
    "...a sua assinatura." Por vezes é o resultado da fusão de várias "assinaturas".

    ResponderExcluir
  6. Margarida Ferreira dos Santos3 de maio de 2009 20:57

    Este manifesto à diferença parece-me tocar de perto as mensagens dos grupos de auto-ajuda e por aí fora :-), mas é um bom estímulo para início de semana!
    De qq modo assino mesmo a não formatação, o inconformismo, "o fora do quadrado", na medida da harmonia possível com a "envolvente"...equilíbrios e coexistências difíceis, muitas vezes.

    ResponderExcluir
  7. Ser diferente só pela Diferença, não me parece fazer sentido. Precisamos é de marcar a nossa individualidade e deitarmos para trás das costas o"o que é que os Outros vão pensar?", tão lusitano...

    ResponderExcluir