quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A Festa d' O CANTO DO GALO - Parte 2

Como prometido, cá estamos nós a apresentar a 2ª parte da trilogia do Post-Foto-Reportagem do lançamento d'O CANTO DO GALO, que terminará amanhã, neste mesmo local...
E recomeçamos com a Dalila Almeida, o que é sinónimo de entrarmos com o pé direito, pois a sua breve alocução foi um misto de inteligência, beleza e ironia acutilante, como é seu costume.
A seu lado, o Manuel Falcão escutava-a, embevecido.


Como nem tudo podia ser beleza, na noite que já ia avançada, surgiu, depois o Jorge Nascimento que apresentou, a uma plateia em delírio, a ária operática em que se tem baseado a sua, já longa, carreira artística - A Canção do Bandido.

Demonstrando que a concorrência é saúdavel, o Luís Costa ( do Don Pomodoro, nas Docas) esteve presente e, aproveitou, para fazer publicidade ao livro.

Depois de várias caipirinhas, entre a assistência, começava a notar-se um certo ar mais para lá do que para cá...











E por hoje, terminamos com um senhor respeitável ( bem, mais ou menos...), o Zé Manel de Sousa que nos apresentou o discurso mais longo do lançamento, pelo menos no tamanho do papel.

Toda a gente esteve bem disposta, com excepção de algumas crianças que devem ter achado isto tudo uma grande seca.
Mas, Criança sofre...
...Não perca, amanhã o final (...ufa!), desta saga empolgante !!!

7 comentários:

  1. Depois da vergonha que passei por força da amiga apresentação da minha pessoa, faltou me a coragem para ler todo o discurso que tinha preparado !
    As alusões feitas pelo João Viegas aos resultados da minha estadia por terras brasileiras, óbviamente não correspondem à realidade, talvez apenas muito levemente...
    O lançamento foi comprovadamente um enorme exito e um acontecimento único no panorama cultural lisboeta.
    E só por isso, não falando em tudo o resto, o João merece a nossa justa homenagem, a nossa e das muitas apaixonadas que deixou no Brasil !!
    Estou vingado...

    ResponderExcluir
  2. Ai que nem posso!!!!!!!!!!
    Ai minha descendência toda junta!
    Ainda por cima numa festa de arromba!
    Adorámmos todos!
    Os oradores afinaram pelo mesmo diapasão e o João, sempre atento e oportuno, deu o la-mi-ré!
    Foi um fim de tarde muito feliz!
    Parabéns. Lindo!

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita pena de não ter estado presente, mas fico muito contente por ter coorrido tão bem.
    Talvez numa próxima oportunidade...

    ResponderExcluir
  4. Que mais acrescentar?

    Dalila Almeida, em todo o seu esplendor!
    Jorge Nascimento, o melhor "tenor" português!
    Zé Manel, o homem do discurso "largo", com muitos olhos azuis dispersos pelo continente sul americano!

    Plateia em delírio, "what else"?!

    ResponderExcluir
  5. não creio demais louvar a coragem do Luis Alves & su equipo, por embarcar nesta aventura.

    este natal só vou oferecer livros da Bizâncio.

    há um fantástico: o canto de qualquer coisa... não me lembro bem, mas tem uma capa muito colorida com um galo lá dentro...


    desculpem lá mas o "gajú" do cabelos brancos não é o presidente do "Sportem"? esse é que a sabe toda!!!?...

    ResponderExcluir
  6. OdP , eu sou benfiquista assumido

    (embora me esteja nas tintas para o frutebol e para a conversa associada à coisa...)

    mas mesmo assim dá-me ideia que esse não é o prez. do esporteing , deve ser um sósia qualquer...


    :-))

    ResponderExcluir